Em retaliação, PSL tira Frota da vice-liderança do partido e da comissão que debate reforma tributária

Poda Crítico de Jair Bolsonaro e alvo de dois pedidos de expulsão do PSL, um feito pelo senador Major Olímpio (PSL-SP) e outro pela deputada Carla Zambelli (PSL-SP), Alexandre Frota (PSL-SP) sofreu retaliações partidárias.

Poda 2 O deputado foi tirado da vice-liderança do PSL e da comissão que debate a reforma tributária na Câmara. A sigla também rifou dirigentes indicados por ele ao comando do PSL de Cotia (SP).

Tiro a esmo Frota afirmou que não vai recorrer. Caberá ao Conselho de Ética do partido analisar os pedidos de expulsão, mas nem Zambelli, que fez a queixa, sabe quem vai analisar sua denúncia. “Tentei achar essa informação e não consegui”, disse.

Leia mais notícias do Painel aqui.