Oscilação tímida de Alckmin deve ampliar pressão sobre tucano

Estátua A campanha de Geraldo Alckmin (PSDB) esperava que ele aparecesse com dois dígitos neste levantamento, mas a oscilação tímida, de 9% para 10%, tende a ampliar a pressão sobre o tucano. No Sudeste, região em que é mais conhecido, ele registrou os mesmos 12% de agosto neste novo levantamento.

Leia mais notícias do Painel aqui.