Cidadania e Casa Civil levam novo bolsa família a Bolsonaro para aumentar pressão sobre Paulo Guedes

Quem cedo madruga A Casa Civil e o Ministério da Cidadania levaram a proposta de reformulação do Bolsa Família a Jair Bolsonaro, logo no início do ano, na tentativa de convencer o presidente a pressionar desde já o Ministério da Economia a liberar mais recursos para o projeto.

Queda de braço O assunto ganhou tração no fim de 2019, quando a equipe de Paulo Guedes informou que já não havia mais dinheiro, nem tempo, para liberar os R$ 14 bi pedidos por Osmar Terra (Cidadania).

A coluna Painel agora está disponível por temas. Para ler todos os outros assuntos abordados na edição desta sexta (10) clique abaixo:

Parlamentares e procuradores querem usar juiz das garantias para rever decisão do STF sobre caixa 2 na Justiça Eleitoral

Ministro da Casa Civil promove assessor, pastor da Sara Nossa Terra, a chefe de gabinete

Ex-assessor que denunciou rachadinha de Gil Diniz diz que salário ressarciu gastos não-declarados de campanha

Após caso ser arquivado, Bia Kicis quer processar ativista que a denunciou por caixa dois