Sem Lula, Bolsonaro acha que cresce e centro amplia pressão por alternativa a Alckmin

Sem antagonista O grupo de Jair Bolsonaro avalia que a barreira imposta pelo TRF-4 a Lula vai catapultar o deputado no Nordeste. Caciques de siglas do centro discordam. “É preciso ver se Deus sobrevive sem o Diabo”, brinca um ministro.

Multiplicai-vos Aliados do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), avisam que, sem Lula na eleição, cai por terra a pregação pela aglutinação do centro em torno de um nome para combater os “extremos”.

Leia a íntegra do Painel aqui.