TCU avisa que violação de veto a voos estaduais na Pampulha pode levar a afastamento de autoridades

Fim da linha O plenário do TCU vai decidir no dia 24 se mantém ou derruba decisão do ministro Bruno Dantas que proibiu a ampliação das operações no aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. No mesma ocasião, ele submeterá aos colegas os recursos da AGU e da Infraero.

Apenas parem Nesta quarta (17), Dantas avisou às cúpulas do Ministério dos Transportes, da Anac e da Infraero que flagrou companhias aéreas vendendo passagens para voos estaduais no terminal mesmo após o veto imposto pelo TCU.

Fica a dica No despacho, disse que o fato denota possibilidade de descumprimento da decisão e ressalta que a desobediência pode até levar ao “afastamento temporário dos responsáveis”.

Leia a íntegra do Painel aqui.