Temer adia decisão sobre implantação de novo plano para o setor automobilístico, o Rota 2030

Por Painel

Para depois Temer vai deixar para o fim de janeiro ou início de fevereiro decisão sobre o Rota 2030, a nova política industrial para o setor automobilístico — a atual termina domingo (31). Com isso, frustra lobby da Anfavea e do Ministério do Desenvolvimento, que tinham pressa.

Queda de braço O projeto divide o governo. O MDIC é a favor, mas a Fazenda reluta. O principal ponto de divergência é a questão fiscal. O Desenvolvimento propõe incentivo de R$ 1,5 bilhão para o desenvolvimento do setor, mas quem cuida do Tesouro diz que não há recursos.

Sorriso amarelo Reunião sobre o assunto na semana passada terminou sem consenso. Em tom de brincadeira, diante do impasse, Temer disse que jogaria uma moeda para arbitrar o tema no “cara ou coroa”.

X

Leia a íntegra do Painel aqui.