Decreto de Temer não garante indulto a condenados por corrupção na Lava Jato

Por Painel

Loteria São remotas as chances de algum condenado por corrupção estar entre os beneficiados pelo indulto de Natal. Segundo as estatísticas mais recentes, em junho de 2016 havia entre os 621 mil presos em todo o país apenas 50 pessoas processadas por corrupção passiva.

X

Entre na fila Apesar das críticas dos procuradores da Lava Jato ao decreto presidencial que afrouxou as regras para o indulto, nenhum atingido pela operação tem condições de ser beneficiado. Dos 36 condenados por corrupção passiva em Curitiba, 15 estão presos. Todos ainda recorrem de suas sentenças.

Leia a íntegra do Painel aqui.