Tasso abre mão de candidatura à presidência do PSDB em nome de Geraldo Alckmin

Por Painel

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) conclui nesta segunda (27) o movimento para abrir mão de sua candidatura à presidência do PSDB e aclamar o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, ao comando do partido, informam Thais Arbex e Daniela Lima.

Um jantar no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, do qual também devem participar o governador Marconi Perillo (PSDB-GO), outro postulante ao cargo, e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, sacramentará o acordo tucano.

Tasso comunicou sua decisão a aliados nesta manhã. O senador cearense disse que o partido precisa sair unido de sua convenção, marcada para 9 de dezembro, e que Alckmin é o único nome que pode cessar as divisões internas.

Leia a íntegra do Painel aqui.