Delegado Fernando Segóvia vai assumir a direção da Polícia Federal; anúncio será ainda hoje

Por Painel

Nova direção O ministro da Justiça, Torquato Jardim, bateu o martelo e definiu que o delegado Fernando Segóvia vai assumir a direção-geral da Polícia Federal, substituindo Leandro Daiello.

Regra três O nome de Segóvia estava sob análise do ministro e do presidente Michel Temer desde o último fim de semana, como revelou o Painel. O anúncio oficial será feito ainda nesta quarta-feira (8).

DNA Segóvia tem o apoio de cinco entidades que representam integrantes da PF: a Fenadepol (Federação Nacional de Delegados de Polícia Federal), e de organizações que representam agentes, papiloscopistas e peritos criminais. O delegado é visto como um nome palatável ao universo político e teria buscado apoio no governo e no Congresso.

Não quero A escolha, porém, não unifica o órgão. A ADPF (Associação Nacional de Delegados da Polícia Federal) não reconhece a legitimidade da lista tríplice que levou ao nome de Segóvia.

Para já Uma troca no comando da PF era alvo de especulações havia meses, mas passou a ser tratada com seriedade no Planalto desde o último sábado (4). Na ocasião, Temer avisou a aliados que decidiria rápido sobre a mudança.

 

Leia mais notas do Painel aqui.