Após pesada discussão, tucanos pedem que Tasso assuma logo candidatura a presidência do PSDB

Por Painel

Depois da tensa reunião do PSDB na tarde desta terça (31), 18 deputados federais e quatro senadores do partido se reuniram no gabinete de Tasso Jereissati (PSDB-CE), presidente em exercício da sigla, e pediram que ele lance sua candidatura ao comando do tucanato.

Os parlamentares querem que Tasso se coloque na disputa o quanto antes, para que o grupo comece a trabalhar sua candidatura nas bases tucanas estaduais. O senador, que ainda não havia publicizado sua entrada na corrida interna, deve oficializá-la nos próximos dias.

Tasso, que defende o distanciamento do PSDB do governo Michel Temer, disputará o comando do partido com o governador Marconi Perillo.

A reunião foi chamada pelos parlamentares com a justificativa de prestar solidariedade ao cearense após a briga desta tarde, mas acabou virando um ato de lançamento da campanha do senador cearense.

Leia aqui mais notas do Painel.