Justiça acata pedido da defesa de Lula e suspende depoimento do ex-presidente sobre caças

Por Painel
X

O desembargador Néviton Guedes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, acatou nesta terça-feira (24) pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e suspendeu o depoimento do petista no processo da Operação Zelotes, em que ele é acusado de tráfico de influência na compra de 36 caças suecos pelo governo brasileiro, informa Thais Arbex.

Na segunda (23), o juiz Vallisney de Souza Oliveira, da Justiça Federal de Brasília, já havia decidido adiar o interrogatório, também a pedido dos advogados de Lula, para 3 de novembro. Inicialmente marcado para o dia 30, o depoimento interromperia a caravana do ex-presidente em Minas Gerais.

Guedes determinou que o depoimento de Lula seja suspenso até que sejam ouvidas as testemunhas do exterior arrolados no processo, entre elas os ex-presidentes da França Nicolas Sarkozy e François Hollande e o primeiro-ministro sueco Stefan Löfven.

Leia mais notas do Painel aqui.