Maia avisa que tocará sua pauta e aliados dizem que ele deve assumir papel de ‘CEO’ do país

Por Painel

Meu tempo O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), continuará atuando em frentes aparentemente opostas na relação com o Planalto. Ele não atrapalhará a tramitação da denúncia contra Michel Temer, mas vai impor sua própria pauta.

Slogan O grupo alinhado ao democrata diz que, daqui para frente, ele tem que ser o “CEO do Brasil”. Temer, dizem, assumiria “a presidência do conselho”.

Menos Maia tem dito que não deixará de dialogar com a oposição. Esta semana, conversou com Renan Calheiros (PMDB-AL). O senador, aliás, vive drama familiar. Renan Filho, governador, prega que o pai seja mais ameno com o presidente, mas ele segue subindo o tom.

Leia a íntegra do Painel aqui.