Nas redes sociais, delegado que foi preso pela PF demonstrava simpatia a Bolsonaro e Mourão

Por Painel

Calçada da fama O delegado da PF Mário Menin Júnior, preso nesta terça (10) sob suspeita de integrar quadrilha que praticava extorsão, está detido no mesmo andar da carceragem que abriga Joesley e Wesley Batista.

Militância virtual Nas redes sociais, Menin postava mensagens com críticas à corrupção na política. Ele disseminou conteúdos a favor de Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e chegou a replicar vídeos do general Hamilton Mourão, que recentemente defendeu uma intervenção militar.

Leia a íntegra da coluna aqui.