Doria envia ao Ministério Público quadro com ‘horas extras’ na prefeitura para justificar viagens

Por Painel

Crédito de voo Em resposta ao questionamento do Ministério Público sobre suas viagens, o prefeito de São Paulo, João Doria, anexou quadro no qual aponta suas “horas extras”. Os dados levam em conta a carga horária desde quando ele sai de casa até a hora em que volta.

Crédito de voo 2 Segundo o registro, só em janeiro o tucano trabalhou 332 horas em dias úteis e 72 horas aos finais de semana. O total até agosto é de 2.943 horas.

Crédito de voo 3 O documento faz uma comparação com a jornada prevista na CLT, de 220 horas/mês. Resultado: Doria teria trabalhado 1.183 horas a mais do que um empregado comum.

Leia a íntegra da coluna aqui.