PMDB volta a assediar dissidentes do PSB e, desta vez, irrita caciques da própria sigla nos Estados

Por Painel

Tenta outra vez O PMDB voltou a sondar dissidentes do PSB sobre eventual migração para o partido. O ministro Fernando Bezerra Coelho Filho (Minas e Energia) e seu pai, senador Fernando Bezerra (PE), são os alvos da vez.

Não no meu quintal No primeiro aceno, o assédio do PMDB a socialistas estremeceu as relações com o DEM, que também atua para atrair os dissidentes do PSB. Desta vez, houve repercussão interna. O deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) não gostou da movimentação.

Leia a íntegra da coluna aqui.