Após Moro recusar troca de testemunha, Lula vai acusar o juiz de cerceamento de defesa

Por Painel

Vai que cola Os advogados de Lula vão acusar o juiz Sergio Moro de cerceamento de defesa por ele ter negado o pedido para que Rodrigo Tacla Durán fosse ouvido como testemunha do petista.

Duas medidas A defesa de Lula vai usar o discurso de que, com a decisão, Moro se contradiz. Os advogados vão dizer que a palavra de um criminoso serve para condenar; já a palavra de um acusado não serve para esclarecer fatos relevantes da Lava Jato.

Leia a íntegra da coluna aqui.