Juiz do TRE rejeita contas da campanha de Haddad à reeleição, em 2016; petista vai recorrer

Por Painel

Falha de percurso Cotado pelo próprio Lula como a alternativa do PT para o Planalto em 2018, o ex-prefeito Fernando Haddad teve as contas de sua campanha à reeleição, em 2016, reprovadas pela Justiça Eleitoral de São Paulo, no último dia 21.

Autocentrado O juiz Gustavo Henrique Bretas Marzagão ignorou as recomendações de aprovação do setor técnico do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) e do Ministério Público Eleitoral.

Tente outra vez Os advogados de Haddad já recorreram. Caso não consigam a reversão da decisão, vão à segunda instância.

Leia a íntegra da coluna aqui.