Funaro entrega os anexos de sua proposta de delação premiada à Procuradoria-Geral

Por Painel

Na dianteira O corretor Lúcio Funaro entregou à Procuradoria-Geral da República os anexos de sua proposta de delação premiada. Com isso, o MPF solicitou novo adiamento de sua transferência da carceragem da PF, em Brasília, para o presídio da Papuda.

À disposição Os investigadores querem Funaro na PF até o dia 11 de agosto — ele sairia nesta sexta (28). Nesse período, ficará a postos para prestar depoimentos e fazer esclarecimentos sobre o material que entregou.

Leia a íntegra da coluna aqui.