Às vésperas de votação da denúncia, líderes do centrão pressionam Temer a desalojar PSDB

Por Painel

Mão lava a outra Líderes do centrão voltaram a cobrar que Michel Temer desaloje o PSDB do governo. Após pressionarem suas bancadas a fechar questão pela rejeição da denúncia contra o peemedebista, reafirmaram a ele que os tucanos, no comando de quatro ministérios, não merecem o espaço que ocupam.

Rir para não chorar A indefinição do PSDB foi alvo de piada na reunião em que o PMDB decidiu fechar questão pela rejeição da denúncia contra Temer. Um deputado interrompeu o encontro para dizer que havia acabado de saber que os tucanos resolveram punir quem “descumprisse a determinação de ficar em cima do muro”.

Conta não fecha Aliados de Temer apontam o risco de a denúncia contra o presidente não ser votada antes do recesso. Dizem que, ao estabelecer que a sessão só será iniciada com 342 deputados em plenário, Maia colocou um sarrafo alto demais.

Leia a íntegra da coluna aqui.