Longe da crise no Brasil, equipe de Temer celebra cordialidade de Putin na Rússia

Por Painel

Alegrias formais Com a escalada da crise no Brasil, cada gesto de cordialidade que o presidente Michel Temer recebeu durante sua passagem pela Rússia foi celebrado pela equipe que acompanha o peemedebista. O fato de Vladimir Putin ter reservado assento à sua direita para Temer, em evento na noite de terça-feira (20), foi destacado reconhecimento à importância da vista do brasileiro ao país.

Desagravo O sinal diplomático de Putin foi dado depois que o russo não apareceu para receber Temer no aeroporto da região metropolitana de Moscou. O presidente brasileiro foi recepcionado pelo vice-ministro de Relações Exteriores russo, Sergei Ryabkov, e pelo embaixador do Brasil na Rússia, Antonio Salgado — o que virou motivo para gracejos da oposição no Congresso brasileiro.

Danço eu, dança você Os dois chefes de Estado participaram de um concurso no teatro Bolshoi e foram aplaudidos na chegada ao local. Uma brasileira ficou com o segundo lugar da competição. Depois do evento, a comitiva de Temer foi recepcionada na residência do embaixador, em jantar regado a vodca e vinho branco.