Em defesa ao STF, Rocha Loures endossa discurso de Temer e critica uso de áudio sem perícia

Por Painel

Unidos Na peça em que contesta seu pedido de prisão, Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor de Temer flagrado com mala de dinheiro, faz eco à versão do presidente de que a PGR falhou ao não periciar os áudios de Joesley Batista. Diz que o MPF esqueceu que “é responsável pela custódia da prova”.

Negado A Justiça rejeitou a queixa-crime apresentada por Lúcio Funaro contra José Yunes, o ex-assessor de Michel Temer que relatou à PGR ter recebido “um pacote” das mãos dele. Advogado de Yunes, José Luis de Oliveira Lima, diz que “a decisão demonstra a veracidade dos esclarecimentos prestados”.

Leia a íntegra da coluna aqui.