Presidente do TSE afirma que não mudará data de julgamento da chapa Dilma/Temer

Por Painel

Faca no pescoço O presidente do TSE, Gilmar Mendes, desembarcou no Brasil nesta quinta afirmando que o cronograma para o julgamento da chapa Dilma-Temer será mantido. O caso deve ir ao plenário da corte eleitoral dia 6 de junho.

Acelera Há um esforço conjunto no TSE para não prolongar o julgamento da chapa Dilma-Temer. Ministros cancelaram viagens e compromissos para se debruçar sobre o caso.

Em retiro Relator da ação que pode definir o futuro de Temer no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o ministro Herman Benjamin tem repetido um mantra para qualquer um que o questione a respeito do julgamento. Diz estar em “silêncio beneditino” até o fim do processo.

Pra já Há articulação para fazer avançar a PEC do senador Reguffe (DF). Ela prevê eleição direta em caso de vacância da Presidência até o terceiro ano de mandato.

Leia a íntegra da coluna aqui.