Análise das redes sociais mostra surgimento de grupo que cansou da polarização em torno de Lula

Por Painel

Com lupa A Diretoria de Análises de Políticas Públicas da FGV fez estudo sobre o comportamento de usuários das redes sociais em torno do depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sergio Moro. O interrogatório recebeu 650 mil menções no Twitter.

Novo centro O mapeamento identificou uma maioria que parece ter se cansado da polarização. O grupo responde por cerca de um terço das menções (32,3%) e não se posicionou incisivamente a favor (como 19,2%) ou contra o ex-presidente (20,7%) .

Vida prática O levantamento registra que as 650 mil menções a Lula, embora significativas, ficaram bem abaixo do 1,5 milhão de engajamentos em torno da greve geral, dia 28 de abril, contra as reformas trabalhista e da Previdência.

Leia a íntegra da coluna aqui.