Governo Temer corta carro blindado que era pago pelo Planalto para o ex-presidente Lula

Por Painel

À prova de bala O Planalto cortou, em janeiro, o carro blindado que ficava à disposição de Lula. Diz que o contrato prevê que veículos deste tipo sejam usados só para serviço oficial e lembra que Fernando Henrique Cardoso também não tem direito a automóvel reforçado.

Leia a íntegra da coluna aqui.