Lista de Janot e documentos da Odebrecht devem chegar ao gabinete de Fachin até terça

Por Painel

Camomila Em Brasília, quem acompanha a Lava Jato calcula que os depoimentos da Odebrecht chegarão ao gabinete do relator do caso no STF, Edson Fachin, entre segunda (20) e terça-feira (21). Hoje, as peças ainda estão sendo protocoladas no Supremo. Pelo estilo, Fachin deve despachar rapidamente os pedidos de inquérito.

Indigesto Os novos nomes da lista de Rodrigo Janot saíram bem na hora em que Michel Temer sentou-se à mesa para jantar com senadores do PMDB, nesta quarta (15).

Caixa postal Parlamentares que logo após as eleições reclamavam por não terem sido atendidos pela Odebrecht agora respiram aliviados. Um deputado conta ter telefonado para executivos da empresa, sem nunca ter recebido retorno. Hoje, atribui a desatenção à misericórdia divina.

Nuvem negra Renan Calheiros (AL) chegou atrasado ao jantar de Temer. Antes da ceia, havia criticado o Planalto. Disse em reunião da bancada do PMDB que o governo está perdendo a batalha da comunicação na reforma da Previdência e que nem sequer tem, de pronto, o impacto de cada medida.

Falta da cadeira Parlamentares apontam dois fatores para a ira de Renan. Dizem que ele não conseguiu assimilar a perda de poder após deixar a presidência do Senado e que o desempenho em pesquisas eleitorais o preocupa. Sem reeleição, perde o mandato e, consequentemente, o foro privilegiado.

Epidemia A movimentação ostensiva do senador para concentrar poderes, porém, já causa irritação no Congresso. “Desencarna, Renan”, diz o deputado Arthur Lira (PP-AL), incomodado com a ação do colega para tirar do PP a relatoria da Comissão Mista de Orçamento.

Deu onda Até adversários do governo reconhecem que o resultado obtido no leilão de quatro aeroportos, nesta quinta (16), foi positivo, dado o cenário de paralisia de investimentos.

Resta um Com as menções a Geraldo Alckmin e Aécio Neves na Lava Jato, a defesa da candidatura de João Doria à Presidência em 2018 se tornou discurso corrente dentro do PSDB. Dirigentes da sigla dizem que não se trata mais de afinidade, mas de escolher entre a chance de vitória e a certeza de uma derrota.

Visita à Folha Marcio Lacerda (PSB-MG), presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e ex-prefeito de Belo Horizonte, visitou a Folha nesta quinta-feira (16). Estava acompanhado de Paula Aguiar, coordenadora de comunicação da FNP, e de Fabio Zambeli, assessor de imprensa.


TIROTEIO

Se eu soubesse antes que era para levar candidato à Presidência em 2018, teria levado o do meu partido, o PDT, Ciro Gomes.

DE JOÃO CARLOS GONÇALVES, secretário-geral da Força Sindical, sobre a presença de Lula em ato contra a reforma da Previdência nesta quarta (15).


CONTRAPONTO

Outro departamento

Após garantir recursos para a construção de uma escola em cidade do interior de Pernambuco por meio de uma emenda parlamentar, o senador Armando Monteiro (PTB-PE) foi procurado pelo prefeito do município, que tinha em mente um novo pedido.

Dessa vez, queria verbas para erguer um muro em torno da escola que havia conquistado.

Incomodado com a ideia, o senador foi buscar amparo no noticiário internacional para se esquivar da demanda.

— Muro não é comigo não, disse Monteiro. — Para muro, você tem que ir mais longe. Você tem que procurar o Donald Trump!

Leia também no Painel

Dallagnol: ‘Deve-se arrancar a árvore da corrupção, sob risco de termos um Brasil mais corrupto’