Marcos Valério, de novo, tenta delação e agora mira tucanos; PSDB faz queixa-crime

Por Painel

Tiro ao alvo Operador do mensalão petista, o publicitário Marcos Valério apresentou mais uma proposta de delação ao Ministério Público de Minas. O principal alvejado na nova tratativa é o núcleo político do senador Aécio Neves (PSDB-MG). Aliados do tucano veem digitais do PT mineiro na ofensiva.

Pela culatra Em contra-ataque, o PSDB de Minas vai entrar com uma queixa-crime contra Valério, alegando que as informações prestadas por ele são falsas. O partido ressaltará que o ex-publicitário tem histórico em mentir e que chegou a declarar endereço falso à Justiça.

Leia também no Painel

Parlamentares e ministros da lista de Janot traçam cronograma para tentar sobreviver à Lava Jato

‘Não só estou fora da lista de Janot, como também não estou no mensalão’, diz Maluf

Projeto original de reforma da Previdência tem, hoje, apoio de apenas 30% da base aliada