Por telefone, Temer diz a Mariz de Oliveira que não irá indicá-lo para o Ministério da Justiça

Por Painel

Déjà vu Michel Temer telefonou na sexta-feira (10) para o amigo Antonio Cláudio Mariz de Oliveira. Disse que não indicará seu nome para o cargo de ministro da Justiça.

Fica pra próxima O advogado fora cotado para a pasta quando Temer assumiu o governo. O peemedebista recuou diante das críticas à Lava Jato feitas por Mariz de Oliveira.

Leia a íntegra da coluna aqui.