Pezão ficou atônito ao receber a notícia de que Cabral seria preso pela PF

Por Painel

O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, parecia atônito ao receber a notícia de que a Polícia Federal estava cumprindo mandado de prisão contra Sérgio Cabral, segundo testemunhas.

Os dois peemedebistas são aliados de primeira hora e a detenção de Cabral é um forte revés ao PMDB do Estado.

A Operação Calicute, um desmembramento da Lava Jato, investiga o desvio mais de R$ 220 milhões de recursos públicos federais em obras realizadas pelo governo do Estado, que passa por uma crise fiscal e, por isso, teve R$ 170 milhões bloqueadas pela União.