Relatório da Câmara exclui Tribunal de Contas da União de futuros acordos de leniência

Por Painel

Nó cego O relatório do projeto de lei que vai ditar as regras dos futuros acordos de leniência exclui o Tribunal de Contas da União do processo e, portanto, não resolve a disputa interna entre os órgãos de controle sobre quem dá as cartas nas negociações. Com o TCU fora dos trâmites, especialistas temem que futuros acordos voltem à estaca zero caso a corte enxergue irregularidades após a homologação do acordo. O texto é costurado pelo líder do governo na Câmara, André Moura (PSC-SE).

Eu vos declaro No tête-à-tête que Michel Temer e Aécio Neves tiveram nesta segunda (7), presidente e senador renovaram o compromisso de uma aliança duradoura.

Vai que eu vou Presidente nacional do PSDB, Aécio disse a correligionários que seu partido pode apoiar a reeleição do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), desde que o deputado consiga viabilizar sua candidatura.

Fica, vai ter bolo Maia tem ampliado o número de entusiastas de sua recondução, inclusive dentro do governo. Mas há dúvidas sobre se ele pode disputar mais um mandato. Haverá contestações no STF caso ele se lance.

Aqui se paga Claudio Cajado (DEM-BA) deve ser o novo corregedor da Câmara. Ele assume o posto de Carlos Manato (SD-ES), que apoiou o rival de Maia na disputa de julho.

Cavalinho da chuva O Planalto foi avisado de que a oposição, liderada pelo PT, não está disposta a aceitar mudanças no calendário de votações no Senado para abreviar a tramitação da PEC do teto. Temer sondou Renan Calheiros sobre essa hipótese.

Cruz e espada Temer confidenciou a assessores que estuda enviar a reforma da Previdência entre o primeiro e o segundo turnos da votação do teto de gastos. Assim, evitaria ter de encaminhar a proposta somente em 2017.

Não vai ter golpe A Fundação Perseu Abramo, ligada ao PT, marcou para quinta-feira (10) a eleição de Dilma Rousseff para a presidência do conselho da entidade.

Causa própria O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, pedirá que a presidente do STF, Cármen Lúcia, interceda junto a juízes de primeira instância para que parem de bloquear recursos de programas sociais para bancar repasses ao Judiciário.

Dono do cofre O prefeito eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), vai anunciar Caio Megale, do Itaú Unibanco, para a Secretaria da Fazenda.

Donos da bola A arquiteta Heloisa Proença, que foi secretária de Planejamento de Celso Pitta, assumirá o Desenvolvimento Urbano. O jornalista Fábio Santos deixará a vice-presidência da CDN para comandar a Comunicação.

Xadrez Impedido pela Lei das Estatais de assumir a SPTuris, Paulo Mathias chefiará a subprefeitura de Pinheiros.

apode0911painel

Queda de braço Doria e Mario Covas Neto divergem sobre a presidência da Câmara. O prefeito eleito defende que o vereador não dispute o cargo e que o PSDB apoie Milton Leite (DEM). Covas Neto deve se lançar ainda assim.

No centro O presidente Michel Temer será o próximo entrevistado do “Roda Viva”, da TV Cultura. O programa será gravado na sexta-feira (11), no Palácio da Alvorada, em Brasília, e irá ao ar na segunda-feira (14).

Visita à Folha Carlos Pereira, da Livox, ganhador do Prêmio Empreendedor Social 2016, visitou a Folha nesta terça (8), a convite do jornal, onde foi recebido em almoço. Estava acompanhado de Nina Valentini, da Arredondar, ganhadora do Prêmio Empreendedora Social de Futuro; Jonas Lessa e Lucas Corvacho, da Retalhar, vencedores do Prêmio Escolha do Leitor; e dos finalistas Tatsuo Suzuki, da Magnamed, Cláudio Spínola, da Morada Floresta, e Michael Kapps, da Tá.Na.Hora.


TIROTEIO

Temer diz que os estudantes não sabem o que é a PEC, mas o desafio a ir a uma escola ocupada debater o assunto com a juventude.

DE GUILHERME BOULOS, líder do MTST, sobre o presidente criticar as ocupações de escolas e sugerir que alunos não sabem o que é uma PEC.


CONTRAPONTO

Caminhão-pipa

Há quatro anos, o artista plástico Romero Britto, que presenteou o prefeito eleito João Doria com um quadro que homenageia a cidade de São Paulo, foi entrevistado pelo empresário no programa “Show Business”.

Doria falava como a obra de Romero está ligada à cidade de Miami, nos EUA, onde o artista mora há 30 anos.

— Toda vez que vou lá vejo suas obras por todos os lados. Você tem um grau de onipresença muito grande por lá. Podemos dizer que é o “Golden Boy” de Miami?

— Fico realmente muito honrado quando me dizem isso. Outro dia o prefeito de Miami me disse que, de tão presente, eu era como a água da cidade.