Orçamento deve incluir menos de 15% dos R$ 96 bilhões pedidos por congressistas em emendas

Por Painel

Vem que não tem Apesar de deputados e senadores terem apresentado R$ 96 bilhões em emendas ao Orçamento de 2017, a votação final deve preservar menos de 15% do valor — ficará só o que for de execução obrigatória.

E lamba os beiços O montante pode encolher mais ainda quando forem definidos os cortes para adequar o Orçamento ao teto de gastos.

Plim-plim O Ministério da Educação vai à TV defender a proposta de revisão do ensino médio, que tramita no Congresso. Tentará atenuar críticas de que não houve discussão com a sociedade.

Teus sinais Ex-líder do DEM na Câmara, o ministro Mendonça Filho quer fazer do placar da votação da medida provisória uma demonstração da aceitação da proposta. Para isso, trabalhará para que passe com maioria igual à exigida para aprovação de uma PEC.

Leia a íntegra da coluna aqui.