Em tempo de ajuste fiscal, partidos querem R$ 3 bilhões para ‘fundo eleitoral’

Por Painel

Crescer para dividir Os partidos como PMDB e PSD que articulam o “fundo eleitoral” para bancar as campanhas no Brasil defendem que ele tenha até quatro vezes o total do fundo partidário — o que alcançaria R$ 3 bilhões. A cifra foi discutida em reunião da cúpula do Congresso na quarta (5). A ideia é ter critérios para a divisão do bolo e assegurar percentuais mínimos de distribuição por Estado. Para não atrair a reação da opinião pública agora, a definição da verba só será divulgada depois.

Gosto de um CPF Líderes partidários e os presidentes do Congresso Nacional têm dúvidas sobre um ponto: impedir ou não as doações privadas de pessoas físicas após a criação do fundo eleitoral.

Que tal terapia? Políticos se dizem “traumatizados” com a falta de dinheiro nesta e nas próximas eleições.

Tal qual No dia em que Ulysses Guimarães completaria 100 anos de vida, o presidente Michel Temer decidiu encaminhar ao Congresso um projeto de lei para transformá-lo em “Herói da Pátria”.

Panteão Entre os nomes que já aparecem no livro estão os de José da Silva Xavier, o Tiradentes, Zumbi dos Palmares, marechal Deodoro da Fonseca e dom Pedro I.

Voltarei Onze anos após ser cassado, Roberto Jefferson voltou à tribuna da Câmara na sessão de homenagem ao peemedebista. E anunciou que tentará voltar. “Fiz seis mandatos. Ele, onze. Doutor Ulysses, estou querendo voltar para imitar o senhor.”

Para tudo As centrais sindicais começam a rever sua tática para bombardear a reforma da Previdência. Em vez de protestar na Paulista, sentam-se nesta sexta com sindicatos de transporte público para tratar de uma paralisação contra o texto de Temer.

Fim “Impeachment”, nome provisório do livro do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, terminará no dia 12 de maio, data do afastamento de Dilma Rousseff do Palácio do Planalto e da posse de Michel Temer como presidente interino da República.

Quero furar poço Poucas horas depois da aprovação da nova lei do pré-sal na Câmara, nesta quarta-feira (5), o consulado brasileiro em Houston recebeu sete pedidos de investidores estrangeiros para avaliar o mercado nacional de óleo e gás.

Quem entra Presença praticamente certa no secretariado de João Doria, o empresário Juan Quirós terá papel fundamental na transição.

Família vende tudo Com passagens por instituições como BNDES, Apex, Sebrae e, atualmente, na Investe SP, será dele a missão de costurar os modelos de parcerias que o novo prefeito pretende fazer com a iniciativa privada.

Fatura A direção do PP paulista vai se reunir com Doria na próxima semana para acertar a participação no governo. As secretarias de Segurança Urbana e Habitação estão no radar do partido.

apode0710painel

Ei, você aí… Derrotado no primeiro turno e com uma dívida de campanha de mais de R$ 6 milhões, o prefeito Fernando Haddad (PT) gravou um vídeo pedindo ajuda para quitar o débito.

Passando o chapéu O PT marcou para o dia 20 o primeiro jantar de arrecadação. Será no Figueira Rubaiyat, com convites a R$ 5.000.

Deu praia Marta Suplicy não foi eleita em São Paulo, mas José Yunes, presidente do PMDB paulistano e assessor pessoal de Temer, conseguiu ajudar na eleição de peemedebistas em Caraguatatuba e Ilhabela, no litoral norte.

Visita à Folha José Renato Nalini, secretário estadual da Educação de São Paulo, visitou a Folha nesta quinta-feira (6), a convite do jornal, onde foi recebido em almoço. Estava acompanhado de Ronaldo Tenório, coordenador de comunicação, e Jonathan Cunha, assessor especial.


TIROTEIO

Teve “ordem e progresso” e “tirar o país do vermelho”. Falta “ame-o ou deixe-o” para a propaganda deles ser igual à da ditadura.

DO DEPUTADO ORLANDO SILVA (PC do B-SP), sobre os recentes slogans adotados pelo governo do presidente Michel Temer.


CONTRAPONTO

Aos mestres com carinho

Durante entrevista à imprensa para apresentação dos novos dados do Censo da Educação Superior de 2015, o ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM-PE), apresentava os convidados que compunham a mesa, todos professores e professoras da equipe de secretários e secretárias do Ministério da Educação.

O ministro foi fazendo a nominata…

— Professora Maria Helena Guimarães, professora Maria Ines Fini, professor Paulo Barone.

Ao notar a repetição da palavra professor, Mendonça Filho foi logo reparando:

— Aqui só eu sou aluno!