Aécio manda tucanos suspenderem intriga com Alckmin, mas duvida que governador deixe PSDB

Por Painel

Império contra-ataca Aécio Neves (MG) determinou que aliados não alimentem mais a disputa com Geraldo Alckmin sobre quem será o candidato do PSDB ao Planalto em 2018. Mas, nos bastidores, dobra a aposta: duvida que o governador de SP, hoje fortalecido pela eleição de João Doria, saia do partido caso não leve a indicação. “Ele não vai querer virar Marta Suplicy”, diz um interlocutor do mineiro. A tese é a de que Alckmin seria punido nas urnas tal qual a senadora, que trocou o PT pelo PMDB.

Tolos A frase de Aécio concordando com a realização de prévias é sinal de que capitulou à força de Alckmin, certo? Errado. Ele só disse isso porque tem o amplo domínio da sigla, o que hoje o levaria à vitória na disputa interna.

O cara Nas apostas sobre a futura equipe de Doria, tucanos dão como certo que Julio Semeghini, coordenador da campanha, assumirá a Secretaria de Governo. Lembram que coube a ele a articulação da chapa de 13 partidos que bancou o empresário.

Herança bendita Fernando Haddad promete entregar ao sucessor as contas da prefeitura no azul.

Pé na estrada O petista tem vontade de tocar algum projeto de educação. Em 2015, recebeu dois convites para lecionar fora do país.

apode0410painell

Mãe Dináh Quando a pesquisa de boca de urna indicou o segundo turno no domingo, Haddad reagiu contido. Gabriel Chalita, seu parceiro de chapa, quis saber o porquê: “Eu tive um sonho… que Doria ganharia no primeiro turno”, disse o prefeito.

Tamo junto Milton Leite (DEM) é mencionado por aliados do tucano como nome para presidir a Câmara — mas tem perfil mais afeito ao bastidor do que à vitrine. Presidente do PSDB paulistano, Mario Covas Neto também é visto como um nome forte.

Onde está fica Marta Suplicy sinalizou ao PMDB disposição de concorrer à reeleição ao Senado. Usará o espólio atual de 587.220 votos como recall em 2018.

Gêmeos Dois candidatos a vereador em Piraju, interior de São Paulo, tiveram a mesma quantidade de votos: 46. A Justiça Eleitoral partiu para o critério de desempate, a idade, mas aí veio outra coincidência: os dois nasceram em 11 de fevereiro de 1970.

Mapa astral O jeito foi ver o horário de nascimento para determinar quem ficava à frente na lista de suplentes.

É o fim O governador Flavio Dino (PC do B) decreta o fim da hegemonia da família Sarney no Maranhão. Em 2012, sua base, que se opõe ao PMDB, elegeu só 17 das 217 prefeituras. Foram 153 agora.

Vem na minha Michel Temer deve se encontrar já nesta semana com deputados para tratar da proposta que limita os gastos da União. Ele pretende ir a jantares na residência oficial de Rodrigo Maia (DEM-RJ) para conversar com os parlamentares.

Juro que acredito Quem acompanha de perto o esforço do presidente para aprovar a proposta diz que ele está se empenhando mais até do que na votação do impeachment de Dilma Rousseff.

Sei não O relatório do projeto alterando o cálculo do piso de saúde e educação para 2017 foi bem recebido só por parte do mercado financeiro.

Teto com claraboia O relator, Darcísio Perondi (PMDB-RS), havia sido alertado pelo setor que, mais importante do que manter o cálculo para as áreas no ano que vem, era evitar brechas para encurtar o prazo em que o teto vigorará.

Senta lá Avisados pelo governo de que seriam recebidos nesta terça (4) no Planalto, dirigentes das seis centrais sindicais estão esperando até agora a formalização do convite. Não será desta vez que os sindicalistas saberão o que Temer pensa para a reforma da Previdência.


TIROTEIO 

Depois do que as urnas disseram em todo o país neste domingo, a tese petista do golpe faleceu.

DO SENADOR JOSÉ AGRIPINO (DEM-RN), sobre o PT ter sido o partido que mais encolheu nestas eleições, perdendo 60% das cidades que governava.


CONTRAPONTO

Na contramão atrapalhando o tráfego

Quando João Doria entrava no comitê de campanha, neste segunda (3), para a primeira entrevista coletiva como prefeito eleito, uma senhora, parada no trânsito, abriu o vidro de seu carro e buzinou para o tucano.

Debaixo de chuva, Doria voltou para atendê-la:

— Parabéns, João. Estamos com você! — disse ela, enquanto esperava o trânsito fluir na avenida Europa.

Doria agradeceu o voto e se preparava para emendar uma conversa, quando um ônibus tentava desviar do carro para seguir o trajeto.

— João, cuidado! Você está atrapalhando o trânsito! — disse um de seus auxiliares, puxando-o para a calçada.