Réu no STF, nome do PMDB para o Turismo usa parecer de jurista para tentar assumir ministério

Por Painel

Papel passado Marx Beltrão (PMDB-AL), indicado para o Ministério do Turismo pela bancada da Câmara com as bênçãos de Renan Calheiros, circula um parecer de um ex-figurão do Ministério Público dizendo que a ação a que responde no STF tem cenário favorável à absolvição.

Agora vai Sua nomeação estava pendurada no Planalto por causa do processo, em que foi denunciado sob suspeita de falsidade ideológica.

Licença para voltar A indicação abre um precedente para que Romero Jucá, braço direito de Temer em diversos programas, também possa retornar ao ministério valendo-se de um parecer.

Coisas da vida Depois do parecer favorável a Beltrão, Renan convocou sessão do Congresso para terça-feira (4), a pedido do presidente da República, para votar a liberação de R$ 1,1 bilhão para o Enem e para o Fies. O Planalto estava aflito com a demora.

Tudo de novo Na terça também começa a via-sacra para a aprovação da PEC que limita os gastos do governo. O relator Darcísio Perondi (PMDB-RS) ficou de apresentar o texto nesta data.

Leia mais notas aqui.