Maia afirma que questionará decisão do TCU sobre organizações sociais até quarta

Por Painel

Pra já O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), diz que entrará até quarta-feira (28) com embargo contra a decisão do plenário do TCU sobre despesas dos Estados com organizações sociais.

É contigo A corte entendeu que a lei não obriga governadores a incluir essas despesas nos gastos de pessoal e sugeriu que o Congresso esclareça o ponto. Maia diz que os ministros erraram e que a Lei de Responsabilidade Fiscal exige a contabilização.

Leia mais notas aqui.