Entre grandes partidos aliados de Temer, DEM, PTB e PRB são os menos fiéis na Câmara

Por Painel

Lanterninha Entre os maiores partidos da base de Temer, DEM, PTB e PRB são as siglas com as quais o Planalto menos pode contar. Elas dão, em média, 62 de cada 100 votos ao que pede o governo — dez a menos que o PSDB, o mais disciplinado.

De grego Preterido por parte do Planalto na disputa pela presidência da Câmara, Rogério Rosso (PSD-DF) deu dois livros de presente de aniversário a Temer. “Gratidão”, de Oliver Sacks, foi um deles.

Ideia fixa Quem falou com o peemedebista na data diz que o presente dos sonhos é um só: aprovar a PEC do teto de gastos o quanto antes.

Voltei Temer deve convocar para quarta-feira (28) reunião do conselho da Camex. Desde março, não há encontros do colegiado, que é responsável por definir medidas para o comércio exterior.

Expectativa O grupo deve discutir o acordo que dá exclusividade no comércio marítimo entre Brasil e Chile a navios dos dois países. Em reunião preparatória, o Ministério dos Transportes não quis fechar recomendação e pediu 90 dias para avaliar.

Infiltrado Uma das principais insatisfações do núcleo afro do PMDB com a gestão Temer é a atuação do presidente do “Tucanafro”, Juvenal Araújo, que mesmo sem cargo trabalha como braço direito da secretária de Igualdade Racial, Luislinda Valois.

Outro lado Valois diz que o correligionário é um “colaborador” e que sua situação será regularizada em breve.


TIROTEIO

Agora entendi por que João Doria disse ser contra a invasão de áreas públicas. Ele queria eliminar a concorrência.

DE RAIMUNDO BONFIM, coordenador da Central de Movimentos Populares, sobre a Justiça condenar o tucano a devolver área pública em Campos do Jordão (SP).


CONTRAPONTO

Santíssima Trindade

Em entrevista ao “Programa do Ratinho”, do SBT, nesta semana, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, foi questionado pelo apresentador sobre sua possível candidatura à Presidência da República em 2018.

— Candidatíssimo a presidente do Santos — disse, repetindo piada costumeira.

Com a insistência de Ratinho, Alckmin continuou:

— Tudo tem seu tempo. Está longe ainda — respondeu.

E, em seguida, emendou:

— Já fui candidato a presidente da República. Em 2006, quando estava na disputa, enfrentei o Lula… Mas tenho que lembrar que era o ‘santo Lula’.