TSE vai apertar o cerco contra candidatas “laranjas” nessas eleições

Por Painel

Candidata de fachada O TSE detectou fraudes no registro de candidaturas de mulheres no país. A Justiça Eleitoral identificou casos de siglas que recorreram a “laranjas” — registrando mulheres sem o consentimento delas — ou ofereceram vantagens financeiras para inflar o número de representantes do sexo feminino. Desde 2009, os partidos são obrigados a ter mulheres em pelo menos 30% dos nomes lançados. A corte pretende apertar o cerco nesta eleição contra legendas que tentam burlar a regra.

Pode olhar Um dos casos sob análise ocorreu em José de Freitas, no Piauí. O TSE determinou que o tribunal regional apure se eleitoras se filiaram a uma sigla diante de promessas de emprego e de aposentadoria e se tornaram candidatas à revelia, em 2012.

Amigão A Força Sindical, do deputado Paulinho da Força (SD-SP), artífice do impeachment, começa a veicular outdoors esta semana contra as reformas de Michel Temer. “Cortar direitos não gera emprego”, diz o texto que será exposto em sete capitais.

Vai com as outras A decisão do presidente de manter o envio da reforma da Previdência ao Congresso antes das eleições coroa a máxima de quem convive há tempos com Temer: “Ele sempre fica com a opinião do último interlocutor que fala com ele”.

Tenho público Eduardo Cunha marcou um café com a coluna no saguão do aeroporto de Congonhas na segunda (5). Enquanto falava sobre seu julgamento, foi interrompido por três homens. Queriam tirar fotos e agradecer pelo impeachment de Dilma.

Minha chance Cunha tirou as fotos sem conseguir esconder o sorriso de satisfação. Retornou à mesa afirmando que, “se fosse candidato a deputado federal por São Paulo, poderia até ser eleito”, tamanho o assédio na capital.

Quem manda Geddel Vieira Lima reuniu os responsáveis pela interlocução dos ministérios com o Congresso nesta terça (6). Não revelou o santo, mas reclamou que ministros estão articulando agendas próprias no Legislativo sem aval do Planalto.

Poupem-me O titular da articulação política também alertou para a possibilidade de ministros serem convocados a falar em comissões. Pediu que isso seja cortado na raiz. Não quer ter de descascar pepinos de última hora.

Pedido A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, pedirá ao Ministério Público que tome providências sobre os relatos de abusos da Polícia Militar nos protestos. Incluirá fotos e vídeos na petição.

Gostei! Pesquisas qualitativas feitas por campanhas rivais à de Fernando Haddad mostram que os eleitores, ao serem expostos aos feitos da atual administração na propaganda do petista, aprovam as medidas adotadas.

Não gostei O problema aparece quando surge no programa a imagem do prefeito. Nesse momento, sua aprovação costuma cair, segundo os grupos pesquisados.

belo

Ele voltou De um tucano sobre a proposta de Celso Russomanno (PRB) de criar “inspetores de quarteirão”: “É o projeto Guarda Belo”, em referência ao policial bonachão do desenho animado “Manda-Chuva”, que fez sucesso na TV na década de 60.

Cresça e apareça O partido Novo também entrou no Supremo Tribunal Federal contra o fatiamento da votação do impeachment. Mas, como não tem representação legislativa, teve de ingressar só como parte interessada.

Visita à Folha João Doria (PSDB), candidato à Prefeitura de São Paulo, visitou a Folha nesta terça (6), a convite do jornal, onde foi recebido em almoço. Estava acompanhado de Wilson Pedroso, coordenador da campanha, e dos assessores de imprensa Ricardo Galuppo e Letícia Bragaglia.


TIROTEIO

A despeito de alguns pessimistas de plantão, estou seguro que Fernando Haddad vai para o segundo turno das eleições em São Paulo.

DE RUI FALCÃO, presidente nacional do PT, sobre as condições do prefeito petista de chegar ao segundo turno da corrida municipal.


CONTRAPONTO

O amor está no ar

Acompanhando Fernando Haddad em uma caminhada na região central de Guaianases, o vice na chapa do petista na disputa pela Prefeitura de São Paulo, Gabriel Chalita (PDT), havia se distanciado um pouco do grupo que, ao lado do prefeito, buscava votos na região.
Foi quando uma senhora, segurando um cachorrinho no colo, aproximou-se, fixando o olhar no vice.
Ao perceber a presença da mulher, Chalita voltou-se para ela e projetou o corpo para frente com o intuito de cumprimentá-la. Mas seu gesto foi logo interrompido pela própria eleitora:
— Quero ficar aqui só te olhando e te olhando….