PT pede impugnação da candidatura de Doria; sigla diz que tucano não se afastou de suas empresas

Por Painel

Desacelera? O PT quer impugnar a candidatura de João Doria (PSDB) à Prefeitura de SP. Em pedido feito à Justiça Eleitoral, a sigla alega que o tucano desrespeitou a lei ao não se afastar dos cargos de administrador e representante de suas empresas. Segundo o partido, o afastamento total é necessário pelo poderio do Lide, do Grupo Doria, que diz reunir 52% do PIB nacional. O PT deseja garantir que Doria não usará na campanha dinheiro empresarial camuflado como dividendos pagos a ele.

Quero ver Doria manifestou intenção de financiar sua campanha com dinheiro próprio. Na peça, protocolada no sábado (20), Paulo Fiorilo, presidente municipal do PT, pede que o tucano demonstre como recebeu dividendos.

Aproveitando O documento, assinado pelo advogado Thiago Boverio, solicita ainda que se investigue o pagamento feito por entes públicos a empresas de Doria, como contratos firmados pela Apex e pelos governos de Goiás, Mato Grosso e SP.

Bobagem Procurada, a campanha de João Doria afirmou que ele não precisa se afastar de qualquer instituição privada, que a impugnação é “pífia” e renderá ao PT condenação por “litigância temerária”. Disse ainda que o pedido mostra que a sigla teme a candidatura de Doria.

Leia mais notas aqui.