Aliados de Dilma pedem que ela faça preparação para manter equilíbrio emocional no Senado

Por Painel

Respira Auxiliares de Dilma Rousseff pedem que ela faça uma intensa preparação para enfrentar o plenário e manter o equilíbrio emocional no Senado. Em 2010, a petista chegou a praticar Aikidô para encarar os debates.

Sem perder a ternura O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo, respondeu a aliados da presidente afastada que o tempo de sua fala é prorrogável. “Mas ela não vai fazer um discurso de Fidel, né?”, brincou, sobre as longas falas do líder cubano.

piloto

E se o piloto sumir? No jantar com Michel Temer, na quarta (17), o presidente do PSDB, senador Aécio Neves, assim resumiu ao interino o sentimento de sua sigla: “Não queremos ser passageiros desse Boeing sem saber aonde ele vai. Queremos lugar como copiloto”.

Enchendo agenda Além da assinatura de memorandos de entendimento entre os dois governos, a visita de Michel Temer à China deve ser usada para divulgar investimentos dos chineses no país.

Olha o gancho Uma das ideias é anunciar o fechamento da venda da fatia da Camargo Corrêa na CPFL Energia para a estatal chinesa State Grid. A operação ainda depende do término da diligência dos chineses na empresa.

Não me abandone A deputada Mara Gabrilli (PSDB), que é cadeirante, acordou na sexta (19) com uma montanha de ligações perdidas no celular. Era João Doria. O tucano havia dito que gostaria de extinguir a secretaria da Pessoa com Deficiência.


TIROTEIO

Andrea usou a causa da pessoa com deficiência para destilar seu ressentimento com o PSDB. Foi oportunista.

DA DEPUTADA ESTADUAL CÉLIA LEÃO (PSDB), em resposta a Matarazzo, que criticou Doria por falar em acabar com a secretaria da Pessoa com Deficiência.


CONTRAPONTO

Especialista de bolso

Em evento nesta sexta-feira (19), a senadora Marta Suplicy, candidata do PMDB à Prefeitura de São Paulo, falava dos debates travados internamente na campanha sobre os planos para a capital paulista.
— Quando me pergunto se dá tempo de fazer tantos quilômetros de recape em seis meses, o Andrea me responde que dá — disse, em referência ao seu vice, o vereador Andrea Matarazzo (PSD), aos representantes do setor imobiliário reunidos no Secovi-SP.
E completou, tirando riso da plateia:
— Quando eu preciso de um dado, pergunto ao meu universitário-mor.

Leia mais notas aqui.