Impeachment e falta de ‘robustez’ de propostas podem adiar anúncio de pacote de concessões

Por Painel

Senta lá O governo pode ter de adiar o anúncio de seu primeiro pacote de concessões, previsto para o dia 25. Além da inconveniência política da divulgação às vésperas do impeachment, na Secretaria de Parcerias fala-se em falta de “robustez técnica” de algumas propostas apresentados por ministérios.

Cinza Aécio Neves almoçou na segunda (15) com Armínio Fraga. Segundo relatos, o ex-presidente do BC afirmou que a Fazenda emite “sinais trocados” na área fiscal e que “o verdadeiro teste do governo será após a eleição”.

Fui por aí O governo ficou furioso com o baixíssimo quorum de segunda-feira na Câmara — não havia sequer os 51 deputados necessários para abrir uma sessão e fazer correr o prazo para tramitação da PEC do teto de gastos.

Bedel Líderes foram cobrados e, nesta terça, mais de 110 deputados deram as caras.

Fica a dica Auxiliares de Temer notam: mesmo que ele negue interesse na reeleição, dá indícios de que pensa no caso. Tem na ponta da língua uma estratégia jurídica para contornar a possível inelegibilidade em razão de uma doação eleitoral irregular.

Leia mais notas aqui.