MTST fará protesto contra Temer na quarta antes de jogo da Olimpíada no Itaquerão

Por Painel

Primeiramente… Integrantes do MTST e da frente Povo Sem Medo, de movimentos de esquerda, farão protesto contra Michel Temer nos arredores do Itaquerão na quarta (17), quando haverá jogo da Olimpíada. Esperam reunir 4.000 manifestantes.

dilma

E lamba os beiços Senadores que visitaram Dilma na semana passada saíram do Alvorada sentindo o peso do corte no vale-alimentação da petista. “Estávamos acostumados a comer cordeiro. Hoje, foi galinhada mesmo”, resumiu um glutão.

Tentei largar Gustavo Fruet (PDT), prefeito de Curitiba, diz que sua mulher, Marcia Oleskovicz, todo ano coloca o cargo à disposição da ABDI, mas nunca foi demitida. Ressalta que ela não tem salário e que sua licença não impede novas contratações.

Não é bem assim O presidente da ABDI, Luiz Augusto Ferreira, afirma que os funcionários licenciados, mas não formalmente desligados da instituição, atrapalham novas contratações: “Pois conta como uma vaga preenchida”, diz o dirigente.

Visitas à Folha José Serra (PSDB), ministro das Relações Exteriores, visitou nesta segunda (15) a Folha, a convite do jornal, onde foi recebido em almoço. Estava acompanhado de Paula Fontenelle, diretora da FSB Comunicação.

A senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), candidata à Prefeitura de São Paulo, visitou a Folha nesta segunda (15). Estava acompanhada da assessora Isabela Muniz.


TIROTEIO

Se Dilma for sincera e reconhecer seus erros, não será uma carta e sim uma enciclopédia de má conduta da gestão pública.

DO SENADOR RONALDO CAIADO (DEM-GO), líder do partido, sobre notícia de que a presidente afastada admitirá erros em sua carta aberta ao Senado.


A conta, por favor

Depois de marcar a votação da cassação de Eduardo Cunha para 12 de setembro, Rodrigo Maia foi cobrado:
— Dá a impressão de que você ou quer protegê-lo ou lhe deve algum favor… — disse Chico Alencar (PSOL-RJ).
O presidente da Câmara rebateu:
— Eduardo nunca me pagou sequer um jantar, Chico. Aliás, já almocei com ele, sim, mas quem pagou foi você!
Vendo a cara de espanto do deputado fluminense, Maia pôs-se a explicar, sorrindo:
— Quando fiz refeições na residência oficial, ele era presidente. Ali, quem paga a alimentação e tudo o mais não é ele. É o contribuinte: eu, você…

Leia mais notas aqui.