Planalto está aflito com prazo curto para votar criação da pasta que abriga Moreira Franco

Por Painel

Socorro O Planalto está preocupado com a situação de Moreira Franco no governo. A medida provisória que cria o Programa de Parcerias e Investimentos, chefiado por ele, perde a validade na semana de 7 de Setembro, quando não há votações.

Vai ser no susto Com o cronograma atual do impeachment, os senadores só terão os dois últimos dias de agosto para votar o texto, que ainda está na comissão especial. Qualquer deslize no prazo pode provocar problema.

Atacado A medida provisória das concessões é apenas uma das seis que estão com o prazo apertado e correm o risco de caducar.

Surpresa, recuei A Casa Civil vai excluir o Banco Central do decreto que deixou nas mãos do ministro da Casa Civil as decisões de nomeações em postos federais.

Deixa isso quieto A mudança gerou reclamações de interferência indevida no BC, instituição que é mais blindada de indicações políticas que os demais órgãos da administração federal.

É de quem? A nomeação de Tatiana Rosito para a secretaria-executiva da Camex, publicada no Diário Oficial, diz que a câmara é do Ministério das Relações Exteriores. Decreto assinado por Michel Temer em junho dizia que o órgão é da Presidência.

Leia mais notas aqui.