Governo quer ‘fatiar’ Código da Mineração para agilizar aprovação de mudança nos royalties

Por Painel

Por partes Passada a votação do impeachment no Senado, o Ministério de Minas e Energia vai propor o fatiamento do Código da Mineração, que está parado na Câmara há anos, para tentar avançar com a questão relativa aos royalties.

Vamos nessa A proposta já foi apresentada ao setor privado e tem aval do Planalto. A ideia é desmembrar a legislação em três: os royalties, o marco regulatório em si e a criação da agência do setor — ponto que enfrenta maior resistência entre os parlamentares, na avaliação da pasta.

Sua hora vai chegar Também depois do “juízo final”, deve haver uma nova limpa em cargos de segundo e terceiro escalões. Há indicados para estatais desde o governo Dilma que não foram trocados por causa da votação no Senado, mas devem ser substituídos logo após a decisão.

Quase parando Apesar da vontade do Planalto de agilizar as nomeações, as trocas nos conselhos das estatais — principalmente as ligadas à área econômica — têm andado em marcha lenta.

Sonho meu Aliados de Michel Temer torcem para que a avaliação do governo melhore após a esperada condenação de Dilma Rousseff pelo Senado. Vão apostar na imagem de “vencedor da batalha” para tentar angariar alguns pontos de aprovação.

Preto no branco O decreto de Temer regulamentando o programa de revitalização do São Francisco — batizado de “Novo Chico” — está para sair do forno. Deve determinar que um novo plano de ações e metas seja estabelecido em no máximo 60 dias.


TIROTEIO

Eis a terapia para o fim da saúde pública: o mercado que controle os planos de saúde, e os municípios que se virem para ter médicos.

DE ALEXANDRE PADILHA, ex-ministro da Saúde, sobre Ricardo Barros ter dito que o Mais Médicos é provisório e que a contratação é dever dos prefeitos.


CONTRAPONTO

Simples assim

O ex-presidente Lula iniciou seu discurso na convenção do PT de São Paulo tornando pública uma reclamação que sempre fez de Fernando Haddad de forma reservada: o prefeito não faz propaganda de suas ações no município, o que explicaria parte de sua baixa avaliação na capital.

— Haddad, a gente acha que todo mundo sabe dos nossos feitos, mas não sabe. Por que a Coca-Cola faz propaganda até hoje?

E seguiu seu raciocínio:

— Todo mundo sabe que a Globo tem novela, mas de manhã já tem programa fazendo propaganda do capítulo daquele dia!

Leia mais notas aqui.