Depois de Petrobras, investigadores fazem pente fino em contratos do BNDES

Por Painel

BNDES profundo Investigadores do Ministério Público Federal e técnicos do TCU esquadrinham há meses documentos do BNDES numa nova frente de apuração sobre as operações do banco estatal. O procedimento, em fase inicial, corre sob sigilo. A ideia, nas palavras de um procurador, é “fechar todo o circuito” e entender as consequências de decisões políticas para o BNDES. Em análise, há dezenas de contratos — de créditos para projetos no exterior a empresas nas quais o banco tem participação.

Haja malote Chamado a colaborar com a apuração, o TCU começou a solicitar documentos ao BNDES em 24 de maio. O banco, agora sob o comando de Maria Silvia Bastos, tem facilitado o acesso ao material, segundo investigadores. A expectativa é que termine de enviar as informações nos próximos dias. A análise dos dados ainda não tem prazo para acabar.

O fabuloso caso Quem acompanha os números da Caixa diz que o balanço do primeiro semestre do banco estatal trará bons números. “Muito da carteira de crédito que deu errado já foi vendida”, diz um executivo.

I will survive Ex-ministro de Lula, Luiz Barretto tornou-se presidente da Caixa Crescer no apagar das luzes do governo Dilma e por lá segue até hoje. Foi indicado pela Fenae, federação dos funcionários da Caixa, que é sócia na empresa de microcrédito.

Cidadã do mundo Filha de Monica Moura e enteada de João Santana, Alice Requião mantém rotina agitada. Nos últimos meses, passou pelos EUA e fez giro pela Europa, com direito a shows de música e a jantares em restaurantes estrelados.

Cidadãos de Curitiba O ex-marqueteiro e sua mulher, presos desde fevereiro, negociam delação. Em depoimento, Moura disse que Alice é beneficiária de uma de suas offshores. A coluna tentou falar com Alice por meio da defesa da mãe e não obteve retorno.

apode2407painel

Espelho meu O depoimento de Santana a Sergio Moro, no qual a defesa pede para que ele não seja filmado, mas só gravado, fez um petista notar: “Nem todo o calvário fez ele perder a vaidade”.

Leia mais notas aqui.