Às vésperas dos Jogos, Autoridade Olímpica terá corte drástico em número de funcionários

Por Painel

Cabidão Apesar da proximidade dos Jogos, a APO (Autoridade Pública Olímpica) recebeu ordens de reduzir drasticamente sua equipe. A entidade jamais alcançou protagonismo — mas gastou nada menos que R$ 22 milhões só com pessoal em 2015.

APODE2207PAINEL

O palco é meu Enquanto Alexandre de Moraes (Justiça) tratava os presos da Operação Hashtag como suspeitos de terrorismo, Raul Jungman (Defesa) os classificava de “porra-loucas”. Um auxiliar de Michel Temer ironizou: “Governo afinado, hein?”

Para tudo O governo Temer suspendeu pela segunda vez a escolha do futuro ministro do Turismo. Marx Beltrão (PMDB-AL), afilhado de Renan Calheiros, não foi excluído do páreo, mas entrou na berlinda por ser réu no STF.

Cobras e lagartos Em encontro com o chanceler José Serra, Paulo Skaf (Fiesp) reclamou horrores da taxa de câmbio. Disse que “estaria entrando em zona de sobrevalorização” e culpou os juros.

Não vai faltar O secretário Moreira Franco (Parcerias de Investimentos) convocou ministros, BNDES e agências reguladoras para a primeira reunião do grupo com Temer. A data ainda será definida.

Crupiê Por meio de um comunicado, Franco pediu que ministros enviem até a próxima semana projetos com justificativas “técnicas, econômicas e políticas” para que possam ser incorporados ao pacote de concessões.

Leia mais notas aqui.