Ministério da Justiça quer aumentar pena para menores que cometam crimes hediondos

Por Painel

Linha dura O governo decidiu bancar o projeto que aumenta o tempo máximo de internação de menores que cometam crimes hediondos. O ministro Alexandre de Moraes (Justiça) consultou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, sobre a viabilidade de desengavetar a proposta que eleva de três para oito anos o limite da pena. O texto, que já passou pelo Senado, está parado na Casa. Eduardo Cunha não queria votá-lo antes que o Senado apreciasse a PEC da redução da maioridade penal.

Tamo junto O projeto, de autoria de José Serra, já vinha sendo patrocinado por Moraes quando era secretário de Segurança de Alckmin. Rodrigo Maia prometeu que vai consultar líderes partidários.

Todos os santos Alexandre Moraes mandou um carta a Carlos Nuzman, presidente do Comitê Olímpico Brasileiro. Pediu a inclusão de religiões de matriz africana no centro ecumênico da Vila Olímpica.

Leia mais notas aqui.