PSDB não trabalhará para que seus deputados votem pela cassação de Eduardo Cunha

Por Painel

Ecos do passado Fiel da balança na Comissão de Constituição e Justiça, o PSDB não trabalhará para que seus deputados votem pela cassação de Eduardo Cunha. Apesar do desgaste que a posição implica, o discurso é que o peemedebista prestou um “serviço relevante para o país” ao dar celeridade ao impeachment de Dilma Rousseff e não merece a condenação institucional da sigla. A percepção dos tucanos é que o Planalto caminha na mesma direção: se quisesse se livrar de Cunha, já o teria feito.

Mera coincidência Depois da conversa com Michel Temer, a situação de Cunha parece ter melhorado um pouco, mas ainda não a ponto de salvá-lo, dizem palacianos.

Foro íntimo Governistas não acreditam que algum partido feche questão sobre a cassação. “Isso nunca aconteceu. Dificilmente ocorrerá agora”, prevê um ministro.

Comigo não Em resposta a uma questão de ordem do PSOL, o presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão, deve sustentar que não cabe a ele indicar, à revelia dos líderes partidários, os integrantes para a comissão de impeachment de Temer.

Descanse em paz Na prática, a resposta sepulta a possibilidade de que a Casa toque o processo contra o interino sem determinação do STF — ou sem que os líderes decidam, por conta própria, apresentar suas indicações.

Pode, Arnaldo? No café com Gilmar Mendes, Renan Calheiros pediu ao ministro que visse se o STF pode reconsiderar a decisão que determinou a inconstitucionalidade da cláusula de barreira.

All in Marx Beltrão, cotado para o Ministério do Turismo, é defensor da legalização dos jogos de azar — projeto que o aliado Renan vai levar ao Plenário na semana que vem.

Candango Este deve ser o último fim de semana em que Temer viaja a São Paulo para ver a família. A mudança de Marcela e Michelzinho para o Jaburu está programada para a próxima semana.

Nego até o fim Jaques Wagner apresentou ao STF ação penal em que acusa Cunha de calúnia e difamação.

No trombone Em entrevista, o deputado disse que o ex-ministro prometeu votos do PT no Conselho de Ética em troca de engavetar o pedido de impeachment de Dilma.

Explique-se A procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Deborah Duprat, pediu esclarecimentos ao GSI sobre a notícia de que serviços de inteligência estariam monitorando Lula e Guilherme Boulos, do MTST.

Nada disso Na ocasião, o Gabinete de Segurança Institucional negou que os dois estivessem sendo monitorados.

APODE0107PAINEL

Rá, te peguei Dilma Rousseff vociferou no Twitter contra o governo interino, dizendo ele que cometia “ações nocivas ao povo” ao não pagar o reajuste no valor do Bolsa Família. Horas depois, Michel Temer anunciou aumento de 12,5% no benefício.

Complicou O governo tenta demover a China de exigir um certificado “anti-mosquito” nos contêineres enviados por exportadores brasileiros. Em março, diante da epidemia de Zika, Pequim baixou a norma, que vem enlouquecendo produtores.

Embarreirou Nem o Brasil, nem a China concedem o selo. E não houve comunicação da exigência à OMC (Organização Mundial do Comércio). A CNI diz que a indústria está tendo prejuízos e pede solução rápida. A norma vale até março de 2017.

Curti a vibe João Doria, pré-candidato tucano à Prefeitura de São Paulo, diz que, se for eleito, irá manter a Paulista fechada aos domingos. Inicialmente contrário à iniciativa de Fernando Haddad (PT), mudou de ideia após visitar o local num fim de semana.


TIROTEIO

Se eu tivesse uma máquina poderosa como essa em mãos, já estaria com 25 dos 35 partidos apoiando Celso Russomanno.

DE MARCOS PEREIRA, ministro da Indústria e presidente licenciado do PRB, sobre oferta de cargos no governo Alckmin em troca de apoio a Doria (PSDB).


CONTRAPONTO

Azarado da vez

Na semana passada, o plenário do Supremo Tribunal Federal discutia a segunda denúncia contra Eduardo Cunha, em que o peemedebista era acusado de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.
Em meio as discussões, Luís Roberto Barroso aproveitou para ser gentil com Teori Zavascki, colega de tribunal que relata as ações da Lava Jato:
— O país teve muita sorte em ter uma pessoa como V. Exa. conduzindo um processo complexo como esse…
O ministro fez um ar resignado e ponderou, bem humorado, arrancando risos do plenário:
— Quem não teve sorte fui eu!