Ministro da Agricultura admite ter atuado para evitar que pasta ficasse com ‘bispo evangélico’

Por Painel

Só sei que foi assim O ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP-MT), admite ter comandado “um enfrentamento político com determinação cirúrgica” para barrar Marcos Pereira, presidente do PRB, para o comando da pasta no governo interino.

Lavoura arcaica “Corremos a Temer e falamos: Não dá, presidente. É impossível. Nada contra bispo da igreja evangélica, mas bispo planta orações, e nós plantamos outras coisas”, disse Blairo Maggi.

Que brinde A declaração foi dada nesta segunda (13), em jantar de homenagem ao ministro promovido pela Sociedade Rural Brasileira, em São Paulo.