Teto para crescimento de gasto público pode valer até 2023

Por Painel

Estiquei o bebê A versão que o governo discutia nesta segunda para a proposta do teto de gastos da União apontava os anos de 2022 ou 2023 como marco para a revisão da regra com base na inflação. Henrique Meirelles (Fazenda) ainda decidirá qual período de vigência adotará.

Delivery Na quarta-feira, Michel Temer vai pessoalmente ao Congresso entregar a medida que limita gastos. Antes, reunirá líderes partidários da Câmara e do Senado para detalhar a PEC.

Vai ter claque Aliados do governo se mobilizam para evitar nova vaia a Temer — como a que ocorreu quando o presidente foi entregar a revisão da meta fiscal. Querem “escoltá-lo” desde a entrada do Congresso Nacional.

Leia a íntegra da coluna aqui.