Para Planalto, confiança de pequeno e médio empresário só volta após impeachment no Senado

Por Painel

Cara nova Os retratos de Dilma Rousseff que ainda estão pendurados nos gabinetes em Brasília não são o único motivo pelo qual Michel Temer quer aprovar logo o impeachment no Senado. A ansiedade para deixar de ser interino tem razão econômica.

No bolso Para o Planalto, a confirmação de Temer no cargo é ingrediente necessário para que empresários, principalmente os pequenos e médios, abandonem a desconfiança e destravem investimentos — essencial para girar a economia e sair da crise.

Leia a íntegra da coluna aqui.