Temer diz que tende a optar por prazo de até sete anos para teto nos gastos públicos

Por Painel

Mais Em conversas reservadas, Temer disse que tende a optar por um prazo maior, de cerca de sete anos, para a vigência do teto do gasto público com base na inflação. O ministro Henrique Meirelles (Fazenda) também quer um tempo superior a cinco anos.

Leia a íntegra da coluna aqui.